Ryanair: como usar?

Vôos pela Europa por 6€, 10€ cada trecho? Sim, é possível, mas você deve ficar bem atento pois não é bem assim…

A Ryanair é, definitivamente, a companhia aérea mais barata da Europa. Quem vai para o velho continente pode sim, aproveitar estas barbadas. Mas claro, sempre há as letras miúdas – por isso, fizemos uma listinha do modo de usar da Ryanair pra não ter erro nem surpresas na hora de usá-la:

NA HORA DA COMPRA

A Ryaiair não é fácil. O que pode, ela cobra. Então, fique atento e veja nosso passo a passo em uma simulação de compra, em um exemplo de uma viagem de Barcelona (BCN) para Bruxelas (CRL), com ida e volta no mesmo dia, para um rápido bate-volta, em 11 de janeiro de 2011:

Se suas datas de viagem forem flexíveis, melhor: não deixe de marcar a caixinha referente a este ponto. Assim, o sistema lhe retornará opções de vôos para os dias próximos à data sugerida.

Fazendo a busca, tivemos as seguintes possibilidades:

Baratíssimo, não? E pra nossa sorte, este vôo tem Facturación Gratuita Online, ou seja, o check-in online gratuito. Aqui está o primeiro truque da Ryanair: se você puder, escolha somente vôos com o check-in online gratuito, pois, de outra forma, você pagara 6€ por trecho o que, às vezes, pode ser mais caro que a própria passagem aérea! Veja também que o preço não inclui impostos. Fique atento, pois se eles estiverem incluídos em sua tarifa elas também podem aumentar consideravelmente o preço do seu trecho de ida.

Para ilustrar as outras possibilidades de tarifas na passagem, fizemos uma simulação com a passagem para o dia 08 de janeiro de 2011:

A primeira opção (marcada em amarelo, imagem acima) mostra o valor sem taxas, mas com a cobrança do check-in online, resultando em 22,39€ da passagem + 6€ da tarifa de check-in online = 28,39€.

Vamos à segunda opção:

A segunda opção apresenta a tarifa normal (marcada em amarelo, imagem acima). no horário de ida às 16h50 o valor da passagem já passa para 29,99€ + check-in online 6€ + taxas tarifas 20,72€ = absurdos 56,71€.

Assim, quanto mais flexibilidade você tiver na data da compra da sua passagem, melhor!

Dica: Durante os dias da semana é mais fácil você conseguir o check-in online gratuito e tickets sem tarifas – não espere ter essas barbadas no final de semana, infelizmente.

Agora, a última pegadinha da Ryanair: a hora do pagamento!

Você escolheu seu ticket de ida e seu ticket de volta. Conseguir escolher uma tarifa bacana, tudo certo. Chegou a hora do pagamento, e nessa hora, fique bem atento para não pagar mais por coisas que são desnecessárias:

- nas low cost, não tem assento marcado, a não ser que você pague por ele. Então, quem entra primeiro, escolhe seu lugar primeiro. Se você quiser entrar primeiro no avião, a opção de embarque prioritário custa 4€ por trecho, por pessoa;

- quer receber SMS para confirmar a sua reserva? Melhor não. Custa 1€.

- quer levar malas? 1 mala de até 15kg custa 15€ a mais em sua conta, por trecho. Já uma mala de até 20kg custa 20€ por trecho.

- quer pagar com cartão de crédito? Bom, são 5€ por trecho como cota de administração. A exceção são os cartões pré-pagos MasterCard, os únicos que isentam desta taxa. Se alguém conhecer algum banco que forneça esse cartão no Brasil, nos avise.

No final das contas, o que você deve fazer é colocar no papel para ver se realmente vale a pena viajar com a Ryanair ou com outra empresa que não cobre por cada coisa.

Veja nossas dicas para que você possa aproveitar – sim, existem situações nas quais valem a pena viajar com a Ryanair:

- Se você está na Europa e tem uma cidade de base: por exemplo, se você está em Roma e quer passar dois dias em Veneza – você pode deixar o pesado de sua bagagem em Roma e levar para Veneza somente o suficiente para estes dois dias, de preferência que caiba na bagagem de mão!

- Se você está disposto a fazer um bate-volta de uma cidade para outra, no mesmo dia. A Ryanair possui algumas cidades com vôos pela manhã e retorno pela noite para vários destinos. De Barcelona, por exemplo, se pode fazer um bate-volta para Sevilha, Bruxelas, Málaga e Porto. Vale a pena conferir e ver se vale a pena.

- Se você tem datas flexíveis de viagem, durante a semana, por exemplo, quando as tarifas são realmente baixas.

Com estas dicas, você pode planejar melhor a sua viagem com mais economia!

Quer mais informação? Leia o nosso post Viajando de low cost pela Europa.

3 Responses to “Ryanair: como usar?”

  1. Carolina disse:

    Oi Julieta!

    Neste “Sem taxas” não tem pegadinha! =) Não tem que pagar nenhuma taxa em aeroporto, é promo mesmo, com passagem sem a cobrança das taxas.

    Espero ter ajudado, qualquer coisa, avise!
    Boas corridas!
    Carolina
    Equipe Correr pelo Mundo

  2. Julieta Schwartzmann disse:

    Oi! estou tentando comprar passagens pela ryanair e vc me ajudaria muitíssimo se pudesse salvar a minha dúvida. Nas tarifas quando aparecem como “SEM TAXAS” significa que teremos que pagar ditas taxas em aeroportos, ou são promos de tarifas sem taxas e esse é o valor mesmo da passagem? Eu sei q depois deve acrecentar bagagem, check in online, as outras coisas q vc menciona, mas o confuso mesmo é o SEM TAXAS.
    Muito brigada!

Trackbacks/Pingbacks

  1. [...] This post was mentioned on Twitter by Correr pelo Mundo, Correr pelo Mundo. Correr pelo Mundo said: Como usar a low cost mais barata da Europa? http://ow.ly/3kUc9 [...]