Categorias | África, Destaques, Quênia, Últimas

Quênia: Safári no Lewa Wildlife Conservancy

Na chegada ao lodge do Lewa Wildlife Conservancy, fomos para nossa cabana, que conta com uma ampla visão do vale. A cabana tem um quarto de bom tamanho e banheiro. A água é aquecida por placas solares, então o tempo de aquecimento é limitado segundo a administradora do hotel, mas em nenhum momento percebemos falta de água quente.

Também na chegada somos orientados a não utilizar garrafas d’água e sim uma garrafa de plástico reutilizável que o hotel fornece, afim de não utilizar recursos que sejam nocivos ao meio ambiente. Explicações dadas, jantar servido, a fome de um dia espetacular atacando.

(foto: Correr pelo Mundo)

(foto: Correr pelo Mundo)

O jantar é servido no restaurante do lodge, que é outra construção à parte, onde todos os hóspedes fazem a refeição juntos, com o cardápio daquela refeição escolhido pelo pessoal do hotel.

Após nossa primeira noite de sono despertamos com a camareira levando um café quente numa bandeja com alguns biscoitos. A bandeja é deixada do lado de fora da cabana, onde podemos apreciar o dia nascendo com o vale à nossa frente. Após o café nos dirigimos a recepção, onde nosso veículo estava preparado para nos levar ao café da manhã.

O café da manhã e a vista do quarto do Lewa Wildlife Conservancy (foto: Correr pelo Mundo)

Claro que já sabíamos como este café especial seria devido ao roteiro que nos fora passado ainda quando estávamos no Brasil. Mas a sensação de sair do lodge no meio da savana, andar pelas estradas da área de conservação com o dia raiando, animais passando e a curiosidade de tomar café da manhã no meio da savana, ao lado de um lago, na sombra de uma grande árvore no Quênia é como um sopro de vida.

O café da manhã à beira do lago (foto: Correr pelo Mundo)

O café da manhã que nos aguardava (foto: Correr pelo Mundo)

Um masai preparando nosso grupo para fotos (foto: Correr pelo Mundo)

(fotos: Correr pelo Mundo)

Após o café nos dirigimos para um haras pequeno, com uns dez estábulos para fazer um safari a cavalo. A propriedade faz parte do lodge e o safari a cavalo não está incluído no valor da diária. Uma vez devidamente instruídos e montados, fomos para mais esta experiência, andando por trilhas e a maior parte do percurso fora delas, passando por lugares onde os tradicionais safaris não passam. Também a atmosfera de estarmos incorporados a natureza, realizando este tour a cavalo, dá outra dimensão na comunhão com a natureza quase intocada do Quênia.

O safári a cavalo (foto: Correr pelo Mundo)

O safári a cavalo (foto: Correr pelo Mundo)

Neste passeio há um guia sempre acompanhando e lendo as reações dos animais para que não haja nenhum perigo. Para terminar o dia, por do sol no alto de uma montanha, com a vista do vale, regado a bebidas e comidinhas de aperitivo. Cenário fantástico, hospitalidade incrível do pessoal do hotel e o grandioso cenário compõem o dia perfeito na savana queniana.

Foto: Correr pelo Mundo

Brinde ao por do sol (foto: Correr pelo Mundo)

Comments are closed.