Corrida de São Silvestre 2017: acessos e seus números

A 93ª Corrida de São Silvestre terá um esquema especial de acesso à largada e chegada, visando assegurar mais facilidade aos atletas oficialmente inscritos, e informar ao público que pretende acompanhar a principal corrida de rua da América Latina.

Foto: Marcelo Ferreli

No período das 5h às 10h serão permitidos apenas atletas com número de peito, com os seguintes acessos pela Alameda Santos e Rua São Carlos do Pinhal: Elite, Rua Frei Caneca, Setores Azul e Amarelo, Alameda Ministro Rocha Azevedo, Setor Vermelho, Rua Peixoto Gomide e Rua Plínio Figueiredo, Setor Cinza, Alameda Casa Branca.

A dispersão será a partir da Rua Joaquim Eugênio de Lima até a Alameda Itapeva. Todas as áreas serão restritas a corredores oficialmente inscritos e usuários locais. Não será permitida a presença de acompanhantes ou carrinhos e outros itens que não fazem parte do evento.

Vale destacar que o público poderá assistir à largada a partir da Rua Haddock Lobo. Na chegada, terá acesso somente na calçada entre a Avenida Brigadeiro Luis Antônio e Rua Joaquim Eugênio de Lima, em frente ao palco. Esta área tem limite de pessoas, sendo importante chegar cedo para garantir um lugar. A área entre a Rua Itapeva e a Alameda Campinas será restrita para a dispersão e atletas, também sem acesso ao público.

Considerada a mais importante e tradicional prova de rua da América Latina, a 93ª Corrida Internacional de São Silvestre mostra em seus número porque está nesta condição. A representatividade é grande e os 30 mil inscritos são de nada menos que 40 países, de todos os continentes, Em termos locais, são 27 estados representados, que ressalta a prova como um evento de todo o Brasil.

No que diz respeito as estados brasileiros, os com maior representatividade são São Paulo, com 69,34%, seguido por Rio de Janeiro, 6,51%, Minas Gerais, 4,41%, e Paraná, com 4,25%. A Faixa Etária com maior número de corredores é a 35/39 anos, com 18,10%. Do total de inscritos, 69.43% são homens e 30,57% mulheres.

O Comitê Organizador pede gentilmente que atletas sem inscrição não compareçam, pois não há como dimensionar os serviços e o consumo excessivo pode gerar a falta de serviços e hidratação para os inscritos. E destaca que essas dinâmicas estão sendo implantadas para melhor atender aos atletas inscritos oficialmente.

A infraestrutura do evento é dimensionada para o número oficial de inscritos, cerca de 30 mil, não contemplando serviços a atletas sem inscrição (“pipocas”). Serão sete postos de água, um a mais que no ano passado, com volume para atender somente aos inscritos. Como consta em regulamento, não haverá serviços extras e hidratação excedente para atletas sem inscrição.

Números das 93ª Corrida de São Silvestre

Estados %

AC 0,04
RR 0,08
RO 0,12
PI 0,17
AP 0,18
TO 0,29
PB 0,31
AL 0,34
MA 0,34
RN 0,35
SE 0,38
MT 0,41
AM 0,46
MS 0,48
PA 0,57
ES 0,76
CE 0,82
GO 1,05
PE 1,09
BA 1,14
RS 1,53
DF 1,93
SC 2,66
PR 4,25
MG 4,41
RJ 6,51
SP 69,34

Faixa Etária %

18/19 0,53
20/24 2,50
25/29 6,84
30/34 12,90
35/39 18,10
40/44 16,47
45/49 13,44
50/54 10,83
55/59 7,28
60/64 5,89
65/69 3,22
70+ 2,00

Sexo %

F 30,57
M 69,43

Infraestrutura prevista para a 93ª São Silvestre

2500 pessoas na produção de prova.
200 pessoas na área médica.
29 Ambulâncias UTI’s
4500 grades de isolamento
1000 cones
800 cavaletes de transito
30 veículos de transporte
Sonorização em praticamente toda a Avenida Paulista desde a Brigadeiro até a Consolação.
30000 medalhas
30000 camisetas
30000 lanches pós prova
100 Faixas de sinalização
720.000 copos de água
7 Postos de hidratação (6 percurso e 1 chegada )
4 dias de entrega de kit com 120 posições de atendimento.
Envolvimento de todos os órgão públicos competentes como PM , GCM , Prefeitura Regional da Sé , Secretaria de Esportes .
Certificação Nacional e Internacional junto a CBAt e IAAF

Mais informações no site www.saosilvestre.com.br

Comments are closed.