Correndo por Paris: a nossa experiência com o Paris Running Tours

Publicado em 13 de Dezembro de 2011 em Coberturas, Onde correr, Paris

{lang: 'pt-BR'}

Marcamos nossa viagem a Paris pelo Destino Seguro European Running Trip para o início de dezembro, mesmo sabendo que não encontraríamos provas ou temperaturas acima dos 10ºC por lá. Mas Paris é Paris, fantástica em qualquer época do ano, e gostaríamos de mostrar que correr por lá é sempre uma experiência única.

Assim, aproveitamos para conhecer de perto os running tours, corridas com guias locais, que mostram as principais atrações de uma cidade durante o percurso.

As vantagens são muitas: correr na companhia de um local, que já sabe os caminhos bacanas para se fazer na cidade e em segurança, além de aprender, já que o guia vai contando curiosidades históricas e culturais sobre os locais por onde se corre.

E o melhor: correndo cedinho, Paris é praticamente só sua.

Em Paris, fizemos o nosso tour com a Paris Running Tours, que trabalha há 4 anos com corridas guiadas pela Cidade Luz.

Entramos em contato por e-mail, e no mesmo dia recebemos o retorno de quem seria nosso guia, o experiente corredor Jean-Charles Sarfati, que sugeriu um roteiro que iniciasse em frente ao nosso hotel, no bairro Opéra. Fechado!

O nosso guia-corredor, Jean-Charles

O Jean-Charles nos buscou em frente ao hotel no horário combinado: 7h30 de um dezembro frio em Paris. O dia nem havia nascido e caía uma fina chuva na cidade. A cara do inverno europeu! O horário não poderia ser melhor: mais tarde, Paris começa a ferver, e fica mais complicado de correr pelas ruas da cidade. Além disso, o movimento de veículos é significativamente menor.

Pelo Paris Running Tours, você pode escolher alguns dos percursos oferecidos no site, sugerir algum ponto pelo qual você queira passar, ou ter um percurso personalizado pelo guia. Escolhemos este último e tivemos diversas surpresas, de cantinhos não tão conhecidos de Paris assim como lugares que todo corredor viajante deveria ter a oportunidade de correr um dia.

Após a corrida, os corredores recebem um mapa do percurso por onde passaram (foto: Correr pelo Mundo)

De cara começamos passando pelas Galerias ou Passages do Opéra. São passagens que ligam algumas das ruas da região e que abrigam uma série de lojas e cafés – super adequado para um dia chuvoso e também para partes da nossa corrida! De lá, passamos pelo Palais Royal, e Jean-Charles nos mostrou um pequeno canhão nos jardins. A razão do canhão estar ali era de que, em 1786, um relojoeiro instalou este canhão que possuía um mecanismo que, em dias de sol, ativava seu disparo ao meio-dia.

A Basílica de Notre-Dame des Victoires, pertinho do Palais Royal (foto: Correr pelo Mundo)

De lá, corremos por outros tantos fantásticos lugares de Paris, como a Place Vendôme, Tuileries, Concorde, Louvre, Pont des Arts, Avenida Champs-Élysées, e sem esquecer, claro, de correr às margens do Sena.

O amanhecer no Louvre (foto: Correr pelo Mundo)

Durante o running tour, ficamos sabendo que nosso guia, Jean-Charles já correu nada menos que 15 vezes a Maratona de Paris (uma fonte inesgotável de dicas para a prova!), e tem mais de 20 maratonas em seu histórico, incluindo também Nova Iorque, Londres e Rotterdam.

O tour, que pode ser feito em inglês ou em francês é super bacana de fazer; tudo com muito cuidado com a segurança pelas ruas com relação ao trânsito, além de dicas bem bacanas da cidade. E o melhor: tivemos a oportunidade de ver o amanhecer em Paris!

Também é possível agendar a corrida para grupos, basta apenas consultar com antecedência.

Para mais informações, visite o site do Paris Running Tours aqui, ou ainda a fan page no Facebook.

E-mail: parisrunningtour@gmail.com

Confira mais fotos do nosso running tour!

A Pont des Arts (foto: Correr pelo Mundo)

A Île de la Cité vista da Pont des Arts (foto: Correr pelo Mundo)

A Pont Alexandre III (foto: Correr pelo Mundo)

O Petit Palais (foto: Correr pelo Mundo)

.

Parceiro nesta viagem:

Tags:

Trackbacks/Pingbacks

  1. Vincent Dogna: a corrida retratada em arte | Correr pelo Mundo - 12 de Julho de 2012

    [...] por acaso: ele nos foi apresentado pelo Jean-Charles, um dos proprietários do Paris Running Tour (veja a resenha aqui). O encontramos pessoalmente na Expo da Meia Maratona de Paris [...]

Deixe um comentário

Por favor, preencha os campos obrigatórios para enviar seu comentário. Seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode utilizar os seguintes pontos em HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>