Cross Urbano Caixa é novidade nas arenas da Copa do Mundo

Circuito de corridas dá novo uso aos estádios, com provas que aproveitam toda a estrutura também do entorno.

Um projeto inovador em corridas de rua promete dar um novo significado a algumas arenas da Copa do Mundo 2014. O Cross Urbano CAIXA foi concebido para aproveitar todo o espaço dos estádios com corridas ao mesmo tempo divertidas e desafiadoras que fazem o mesmo caminho de jogadores e torcedores, passando pelo túnel de acesso, gramado e arquibancadas, aproximando o atletismo da emoção do futebol.

O circuito ainda terá como aliado a tecnologia, com transmissão de imagens em tempo real para os espectadores por meio de drones e câmeras. A estreia será no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, em 15 de novembro, passando em seguida pela Arena Pernambuco, em Recife, em 7 de dezembro, e a Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), em 21 de dezembro.

“Estava fazendo uma caminhada, quando ouvi a notícia de que algumas arenas da Copa poderiam ficar longos períodos sem uso específico. E pensei, “eu quero usar esses estádios, eu quero levar as pessoas para dentro dos estádios, para usufruir de outras formas de um espaço que é de todos”, conta o brasiliense Freddy Carvalho, organizador do evento. “A ideia é aproveitar as arenas por meio de uma atividade multidisciplinar que promova o atletismo, a saúde, a confraternização entre os atletas e o bem-estar, transformando esses espaços num verdadeiro ‘playground’ exclusivo para os corredores.”

Cross Urbano CAIXA – Corrida das Arenas da Copa – O clima do futebol estará presente durante toda a disputa. As provas do circuito, de 7 km, terão largada e chegada em área coberta do lado de fora do estádio. Após a largada, os atletas correrão 800 m até entrar no túnel de acesso ao campo, percorrendo 3/4 de volta ali dentro e outros 3/4 de volta sobre a grama sintética. A corrida segue pelas arquibancadas, rampas e anel interno da arena, para fazer os últimos metros no mesmo ponto de partida. Toda a ação será filmada e transmitida para os espectadores em tempo real por quatro câmeras móveis e dois drones, em estações de TV colocadas dentro do estádio. “A transmissão faz parte do conceito urbano moderno de que tudo é filmado e compartilhado online”, explica Freddy.

Outro diferencial do evento é que os competidores serão divididos em faixas etárias, com largadas em ondas, a cada 15 minutos, em grupos que não poderão ultrapassar 250 pessoas. A medida visa a manter o conforto e a segurança dos atletas. O “pacote” do Cross Urbano CAIXA inclui ainda áreas de hidratação e de fitness e área VIP, todas cobertas, no interior das arenas.

Inscrições abertas – Quem quiser garantir uma das 2.000 vagas disponíveis para “a corrida dos estádios” já pode se inscrever no site www.crossurbanocaixa.com.br. Para a etapa de abertura, no Estádio Mané Garrincha, os valores são de R$ 60,00 para o primeiro lote e R$ 80,00 para o segundo lote. A fan page do evento, Cross Urbano – Brasília, também está fazendo promoções para os participantes. Todos os competidores recebem um kit de participação com mochila, camisa casual urbana, viseira e squeeze, além de brindes dos patrocinadores e apoiadores.

Mais informações em www.crossurbanocaixa.com.br

1 thought on “Cross Urbano Caixa é novidade nas arenas da Copa do Mundo

Deixe uma resposta